Propostas
Educação

Educação

Principais ações:

  • aumento do investimento na educação para 7% do PIB até 2019
  • melhoria dos salários dos professores, dobrando a complementação da União ao Fundeb
  • reformular a grade curricular do Ensino Médio, incluindo disciplinas básicas e específicas
  • apoio aos municípios na criação de 900 mil vagas na pré-escola, que deverá ser universalizada até 2016
  • apoio aos estados na criação de mais vagas no ensino médio diurno
  • progressiva eliminação do ensino noturno para os jovens que não trabalham
  • incentivos para aumentar a oferta de cursos superiores nas áreas tecnológicas
  • expandir e aperfeiçoar o Fies e o Prouni
  • aumentar o alcance do Pronatec
  • 10°implantar a escola de tempo integral no Brasil
  • 10°estímulo à ampliação de vagas em cursos diurnos de formação de professores
  • 11°garantir que toda escola brasileira tenha conexão wi-fi acessível a todos os estudantes e professores
  • 12°aprimorar o Enem para atender à necessidade de diversificar a formação no Ensino Médio
  • 13°reorganizar de forma qualitativa o Exame Nacional do Ensino Superior (Enade)
  • 14°estímulo à criação de academias de formação de lideranças em gestão escolar
  • 15°EDUCAÇÃO INFANTIL: criar formas alternativas de atendimento às famílias e às crianças, tais como: modelos integrados de atendimento em creches e políticas integradas e flexíveis de atendimento às famílias com crianças, conforme suas diferentes situações e necessidades
  • 16°EDUCAÇÃO INFANTIL: estabelecer um sistema de monitoramento da qualidade da educação infantil (creche e pré-escola)
  • 17°ENSINO FUNDAMENTAL: rever a política do livro didático, permitindo que a escola opte por receber os recursos correspondentes, em vez de exemplares de papel, caso faça parte de redes com sistema de ensino estruturados reconhecidos pelo MEC
  • 18°ENSINO FUNDAMENTAL: promover programas de equiparação de alfabetização nos anos iniciais do ensino fundamental
  • 19°ENSINO MÉDIO: implantar um modelo estratégico de oferta de cursos técnicos que considere a demanda específica de cada estado e suas microrregiões
  • 20°ENSINO MÉDIO: oferecer cursos técnicos profissionalizantes articulados ou sequenciais ao Ensino Médio
  • 21°ENSINO MÉDIO: ofertar cursos profissionalizantes alinhados às características da economia de cada local e aos novos investimentos programados por empresas e governos
  • 22°ENSINO MÉDIO: estabelecer critérios para a pactuação da oferta de vagas para educação profissional em todo o território nacional
  • 23°ENSINO SUPERIOR: criar o programa de incentivo à conclusão do ensino superior
  • 24°ENSINO SUPERIOR: criar programa nacional de moradia para estudantes que se deslocam de suas cidades para cursar o ensino superior
  • 25°ENSINO SUPERIOR: reorganizar programas de alimentação para estudantes de baixa renda das universidades públicas e privadas no Brasil

Aécio vai melhorar a qualidade da educação pública. Haverá mais investimento, ampliação de vagas e melhorias na formação e remuneração dos professores

Veja outras propostas